quinta-feira, agosto 16, 2007

Compreendendo a Linguagem dos Porquinhos-da-índia


















Os Porquinhos-da-índia são animais muito sociais que na natureza vivem em grupos de vários animais.Dentro dos grupos, os porquinhos apresentam um largo repostório de sons e gestos, de forma a comunicar entre si.A sua comunicação baseia-se numa combinação de linguagem corporal e sons. Adicionalmente às formas de comunicaçãoobservadas na natureza selvagem, e herdadas, os Porquinhos também podem aprender a interagir com os donos.Ficar um pouco de tempo a observar os nossos pequenos amigos e descobrir os segredos das suas formas de comunicaçãopode ser muito interessante. De seguida apresentamos os comportamentos, gestos e sons mais comuns.


Linguagem Corporal:


- Contacto Nasal: Os porquinhos que tocam ao de leve outros na região do nariz, estão à procura de contacto com um amigo. Podeser visto entre dois porquinhos que já estejam junto à um longo tempo e que se dão bem e são amigos. Também podeser usado para interagir com o dono, de forma a formular um pedido de caricias. Ter este contacto com um amigo,faz um porquinho sentir-se confortável e seguro.


- Jactos de Urina: O Porquinho envia um jacto de urina se se sente pressionado. O animal que recebe o jacto estáa enervar o Porquinho e este comportamento é muito visto em machos que tentam acasalar com fêmeas fora da épocado cio e estas para os pôr à distância e eles não as importunarem mais nos próximos tempos lençam o referido sobreos machos. Em grupos sómente de fêmeas também se pode observar, pois a fêmea no cio tenta importunar as outras e podereceber também um jacto de urina. É uma ferramenta muito eficaz para manter outro animal à distância, é como se nóshumanos gritássemos "Deixa-me em paz".


- Descansar de Lado: Esta é uma posição usada para dormir. Só os Porquinhos que se encontram totalmente relaxados dormemassim. Indica que o animal está confortável e seguro.

- Mostrar os Dentes: Este é um gesto de ameaça. Pode ser visto, por exemplo, quando dois machos adultos se encontram.Este sinal de agressão, também é usado para estabelecer a ordem no ranking do grupo, ou na altura de comer.Mostrar os dentes pode resultar mais tarde em agressões e mordidelas, se nenhum dos oponentes desiste, mas em muitoscasos fica-se apenas por aqui.


- Ficar rígido: Se um Porquinho recebe um grande susto, fica rígido. Pressiona o corpo em relação ao chão e permanecena mesma posição sem emitir um som durante algum tempo. Normalmente os olhos estão bem abertos e as orelhas empinadas.Neste caso o animal está com um medo de morte. Na natureza isto acontece quando um Porquinho é caçado por um predador,mas não tem hipóteses de chegar a tempo a um lugar seguro. É também um forma de tentar escapar do predador, dado quemuitos animais identificam as presas pelo movimento destas. Um animal nesta situação está num grande stress. Em cativeiroas situações que causem stress devem ser evitadas.

- os Saltos e Pinotes: Também chamado de "Popcorning". Os Porquinhos que fazem estes saltos estão cheios de energia esentem-se bem. É muito comum em Porquinhos jovens, que fazem corridas e saltos malucos, especialmente quando brincamentre eles. No entanto os Porquinhos também podem saltar se estiverem com comichão, e neste caso os saltos são acompanhadoscom o coçar entre dois saltos e sons que demonstram que o animal não está bem, mas regra geral é mais o primeiro caso emque eles se sentem bem.

- o Encavalitar: Os machos saltam para as costas das fêmeas de forma a tentar acasalar com elas. No entanto este gestotambém pode ser observado entre Porquinhos como gesto de dominância, tanto entre fêmeas, como entre machos. O animalque é dominante, neste caso o chefe encavalita-se às costas do outro de forma a demonstrar quem manda. As fêmeas no cionum grupo onde não haja machos, também tendem a adoptar este comportamento em relação a outras fêmeas.




- o Cheiro: Tocar e cheirar o nariz ou a zona anal de outros Porquinhos são usados como contactos de admissão.Assim pode-se controlar se o outro é um membro do grupo ou não.
A juntar aos gestos descritos, os Porquinhos ainda possuem outros mais. Observando os animais e a maneira com interactemcom outros do grupo, pode-se aprender mais sobre as suas complexas vias de comunicação.
a Linguagem dos Sons:



















- Murmúrio: Este é o som do Porquinho feliz, contente e satisfeito. Pode ser ouvido quando dois amigos estão a dormirjuntos ou quando o Porquinho está a gostar da sessão de carícias oferecida pelo dono. Este som é algo similar ao rolar dos pombos.





- Ronronar: O Típico 'Brrrrr' que o macho faz, quando tenta seduzir uma fêmea. Também é ouvido quando um macho encontraoutro e tentam descobrir os dois quem será o Chefe da Gaiola. Junto com o som, os Porquinhos sacodem a zona posterior docorpo, como uma dança, levantando uma pata de cada vez e os pêlos à volta do pescoço ficam eriçados. Esta dança tem comomotivo impressionar o oponente ou então seduzir a fêmea.

- Chilrear: Este som é raro de ouvir e assemelha-se ao chilrear de um pássaro. Indica que o Porquinho está sobre stressemocional. Um Porquinho pode emitir este som durante largos minutos sem parar, normalmente à noite. Assim que o Porquinhohouve um barulho ou sente a presença de alguém a mover-se pára imediatamente com o barulho. Este som resulta de conflitosinternos e representa que este animal está sob stress.

- Grito agudo: Um som alto, curto e agudo, que pode ser ouvido quando um Porquinho é mordido. Este é um som de queixa.Também é emitido por um bébé, quando se perde da mãe.

- Bater de Dentes: Este é um som de agressividade. Eles batem os dentes quando estão a lutar pela sua ordem no ranking.Junto com o bater dos dentes, o pêlo fica eriçado e tentam ter uma atitude corporal que impressione o oponente.

- Cuí alto e prolongado: Este som típico é usado para pedir comida, é o usual 'Cuí Cui Cuí' e não ocorre na natureza.No entanto é muito usado pelo Porquinho doméstico para chamar a atenção dos donos. Define um pedido de alguma coisa,normalmente comida.


- Cuí agudo e penetrante: Este curto e alto som expressa dor ou grande insatisfação.
Existem outros sons, que podem ser ouvidos observando os Porquinhos. Quando não estão a dormir ou a comer, eles andamsempre a "falar" uns com os outros. Deste modo estabelecem contactos com os outros membros do grupo e sentem-se seguros.

Texto de : Verena Fuchs (http://cavilandia.home.sapo.pt/)

1 comentário:

Patrícia disse...

por favor, gostaria de saber qual a fonte das informações sobre os sonos dos porquinhos. obrigada.